Esporte
Postado em: 13/03/2017 | Por: Equipe Do site Patrocinador máster do Boa Esporte exige saída do goleiro Bruno

Grupo Góis & Silva marca reunião com a diretoria e ameaça retirar o apoio ao clube mineiro caso negociação seja confirmada

esporte-bruno-boa-esporte-20170310-001

O Boa Esporte pode perder seu principal patrocinador, o Grupo Góis & Silva, caso a contratação do goleiro Bruno Fernandes seja oficializada. Neste domingo, a empresa anunciou em suas redes sociais que agendou uma reunião para esta segunda-feira para tentar convencer a diretoria do clube mineiro a desistir da negociação. Caso contrário, o contrato de patrocínio deve ser rescindido de forma unilateral.

Desde a última sexta-feira, o Boa Esporte já trata Bruno como reforço da equipe, que jogará a Série B do Brasileirão em 2017. O contrato deve ser assinado nesta terça-feira, em Varginha (MG) e o clube diz que “a chance de desistir da negociação é zero”. Diante da repercussão negativa, o clube já perdeu um de seus patrocinadores, a empresa de suplementos nutricionais Nutrends. O Grupo Góis & Silva deve ser o próximo.

Em comunicado divulgado nas redes sociais da empresa e seu proprietário, Rafael Góis, o grupo manifesta “repudio a todo e qualquer tipo de violência contra a mulher e qualquer outro tipo de violência, independente de classe social, gênero, faixa etária, cor da pele, orientação sexual, religião etc.”

O grupo admite que pedirá à diretoria que desista da negociação. “Nossa reunião tem por objetivo requerer à diretoria do clube rever sua decisão de contratação do Goleiro Bruno. Caso nosso requerimento decline, infelizmente estudaremos cancelar o patrocínio ao Boa Esporte Clube”. O contrato do Grupo Góis & Silva com o Boa Esporte tem mais três anos de validade.

A contratação do goleiro Bruno, liberado pelo Superior Tribunal Federal (STF) enquanto aguarda o julgamento de um recurso, foi alvo de uma enxurrada de críticas nas redes sociais do Boa Esporte. O site do clube chegou a ser hackeado e exibiu mensagens sobre feminicídio e cobranças contra as empresas que patrocinam o clube de Varginha (MG).

Além da Nutrends, a Cardiocenter Varginha e a Magsul Ressonância Magnética, empresas que prestam serviços de avaliações médicas dos atletas do Boa Esporte, anunciaram o fim dos vínculos com o clube mineiro.

17200974_1007062009425518_3311334317324237062_n

 

 

Fonte:http://veja.abril.com.br/esporte/patrocinador-master-do-boa-esporte-exige-saida-do-goleiro-bruno/

Comentário